sábado, fevereiro 24, 2007

A historia do tanto faz

O sol acordou em mim
Em rosto de sorriso espelhado
Dia de felicidade sem fim
Esquecendo lágrimas do passado

Vou abraçar hoje a vida
Caminhar envolvendo a paz
E largar a estrada perdida
A Historia do Tanto Faz

Abandonei a minha máscara
No poial do muro da falsidade
Desdenhei toda a sátira
E abri a janela da verdade

Despi o conceito social
Vesti de brilho o meu olhar
Abandonei o convencional
Quero mais é Amar! É amar!

Vou abraçar hoje a vida
Caminhar envolvendo a paz
E largar a estrada perdida
A Historia do Tanto Faz!

(Novembro 2004)

2 comentários:

Túlio Hostílio disse...

começo a gostar do que vejo por aqui....., continua.....

Milhorey, Carlos Ribeiro Silva disse...

Gostei do poema, mas há que usar mais o blog para os amigos o lerem.
Carlos